Rinoplastia

Rinoplastia – Cirurgia do Nariz

A rinoplastia deixa cicatrizes?

Geralmente não. Em alguns casos existem cicatrizes pouco aparentes. Os cortes são realizados dentro do nariz ou nos sulcos e conseqüentemente não deixam vestígios aparentes.

Poderei escolher a forma que eu desejar?

Não. Existe um equilíbrio estético entre o nariz e a face, equilíbrio este que o cirurgião deve observar, a fim de preservar a naturalidade e autenticidade dessa face. Cada caso é estudado minuciosamente, a fim de que se possa dar ao nariz a melhor forma possível, dentro das exigências da face. Se a sua escolha coincidir com aquele tipo de nariz planejado, sem dúvida seu desejo será atendido.

Quanto tempo demora para atingir o resultado definitivo?

Várias fases são características do pós-operatório do nariz. Assim é que, numa 1ª fase (logo após a retirada do curativo rígido em torno o 7º dia), apesar de corrigidos vários defeitos estéticos do nariz original, notamos um edema (inchaço) que vai diminuindo com o passar dos dias e que tende a desaparecer totalmente em torno do 6º mês. Existem pacientes que atingem o resultado definitivo um pouco antes, bem como outros que ultrapassam este período.

Como ficará a respiração após a cirurgia?

A Rinoplastia estética visa, também, melhorar as condições respiratórias do paciente, quando estas condições são precárias no nariz original. Apesar de haver alguma dificuldade no pós-operatório mediato (algumas semanas), isto se deve ao fato do “inchaço” também existir na parte interna do nariz. Com o decorrer do tempo tende a normalizar-se. Problemas respiratórios geralmente são ligados ao septo que, em muitos casos, é corrigido no mesmo tempo cirúrgico. Quando a correção demanda cuidados especiais, a cirurgia estética deverá ser feita numa segunda oportunidade, após ter sido corrigido o problema funcional pelo especialista.

E as complicações?

Raramente a Rinoplastia determina sérias complicações. Entretanto, sendo um procedimento cirúrgico, ocasionalmente poderão ocorrer imprevistos na evolução. Felizmente, esses eventuais imprevistos são passíveis de correções posteriores, mediante “retoques”, permitindo-nos obter o resultado almejado. Os possíveis “imprevistos” não devem ser confundidos com as formas intermediárias pelas quais passa o nariz, no pós-operatório mediato, até que atinja sua forma definitiva.

Qual o tipo de anestesia?

Tanto a anestesia local com sedação quanto a geral serão utilizadas. Dependerá de cada caso e do paciente a escolha.

São utilizados curativos?

Após terminar a cirurgia, o nariz é mantido imobilizado com gesso ou placa plástica, que o recobre totalmente. Esse curativo permanece por cerca de 7 a 8 dias, período após o qual é retirado no consultório. Em alguns casos utilizamos o tamponamento nasal (com gases vaselinadas), que é deixado por 24 a 48 horas. Se for realizada a correção simultânea do septo, poderemos ultrapassar este tempo. Após este período é realizado um curativo com micropore diretamente na pele para moldá-lo por cerca de 2 a 3 semanas.

Há dor após a cirurgia?

Raramente a cirurgia estética do nariz apresenta pós-operatório doloroso. Quando ocorrer uma eventual dor, esta é facilmente combatida com analgésicos, que lhe serão receitados como preventivos.

Há perigo nesta cirurgia?

Raramente uma cirurgia de rinoplastia determina sérias complicações. Isto se deve ao fato de se preparar convenientemente cada paciente para o ato operatório, além de ponderarmos sobre a conveniência de associação desta cirurgia simultaneamente a outras.

Quando poderei tomar sol?

Deve-se evitar o sol proncipalmente durante a fase inicial quando ainda têm equimoses no rosto (manchas roxas). Geralmente após a terecira semana não há muitas restrições em se expor ao sol da rua. Entretanto, para exposições longas (praias, banhos de sol), aconselha-se aguardar um período mínimo de 45 a 60 dias.

Qual a evolução após a cirurgia?

Você não deve se esquecer que, até que se atinja o resultado almejado, diversas fases evolutivas são características deste tipo de cirurgia. Assim é que edemas (inchaço), manchas roxas (equimoses), dificuldade respiratória nos primeiros dias, são comuns a todos pacientes; evidentemente, alguns apresentam estes fenômenos com menor intensidade que outros.

O resultado compensa?

Evidentemente. Dentre as cirurgias estéticas, a do nariz é uma das que proporcionam grandes satisfações. Especialmente por estar na face e ser muito visível a mudança.