Lipoaspiração e Lipoescultura

É um procedimento largamente usado na cirurgia plástica atualmente, e independente do nome utilizado visa modelar o contorno corporal com a retirada de gordura localizada através de cânulas, que hoje são muito finas.

Existem várias formas de realizarmos a lipoaspiração, dentre todas a utilizada por nós é a vibrolipoaspiração por entendermos que é a mais segura e com melhores resultados.

As cicatrizes resultantes são mínimas e posicionadas em locais de difícil visualização.

O risco desse tipo de cirurgia é igual ao de qualquer procedimento cirúrgico desde que realizado por cirurgiões capacitados e com formação para tal. Recentemente o Conselho Federal de Medicina criou uma resolução – Nº 1711 – que rege os preceitos da lipoaspiração. Quando realizada dentro desses padrões, como em nosso serviço, a cirurgia torna-se bastante segura.

Os locais mais comuns da lipoaspiração são
– Abdomen
– Flancos – laterais do abdomen
– dorso do tórax
– culotes
– face interna de coxas e joelhos
– braços

O que não impede que seja realizada em outras áreas. Quando a cirurgia envolve várias regiões poderá ser necessário dividí-la em 2 ou até 3 etapas com intervalo de cerca de 60 dias entre elas, devido a questões de limite do volume aspirado e área corporal submetida a lipo em cada sessão, obedecendo critérios de segurança do procedimento.

A duração da cirurgia varia de acordo com a área a ser operada, mas raramente excede 2 horas. A anestesia pode ser local – para pequenas áreas, ou geral ou peridural, para áreas maiores.

O tempo de internação é de 12 / 24 horas. A retirada de pontos é feita no sétimo dia e o repouso vai sendo liberado gradativamente até o 28º dia.

As regiões submetidas a lipo necessitam de uma compressão com malha elástica específica, do término da cirurgia até cerca da 3ª ou 4ª semana pos operatória, no entanto essa pode ser retirada para tomar banho, procedimento esse que nunca deve ser evitado.

Após a 1ª semana devemos realizar drenagem linfática nos pacientes por cerca de 15 / 20 sessões visando uma melhor resposta ao edema.

O inchaço vai desaparecendo gradativamente mas só cede por completo entre o 5º / 6º mês após a cirurgia, e é observado principalmente no final do dia.