Blefaroplastia – Pálpebras

Blefaroplastia – Pálpebras

Termo utilizado para a cirurgia das pálpebras, que pode ou não ser associada a ritidoplastia.

Devemos analisar o excedente de pele das pálpebras superiores (que em alguns casos atrapalham a visão) e inferiores, e a presença de bolsas gordurosas que geralmente são 2 nas superiores e 3 nas inferiores.

A cirurgia consiste em retirar o excedente da pele e as bolsas gordurosas. Não se corrige com esse procedimento as rugas laterais dos olhos – “Pés de Galinha”, para isso será necessário outros procedimentos tais como Ritidoplastia.

A cicatriz resultante fica na dobra da pele na pálpebra superior, não podendo ser vista com os olhos abertos e na pálpebra inferior próximo a linha dos cílios, o que a torna também bastante escondida. A pele fina dessa região propicia excelentes resultados em relação as cicatrizes.

O inchaço e as equimoses (roxos) aparecem de forma variavel, dependendo da resposta individual do organismo, mas desaparecem totalmente em até 15 dias.

A retirada dos pontos é em 48 horas.

A paciente estará reintegrada às suas atividades normais em até 21 dias.