Devido uma complexa interação de fatores internos e externos ao corpo humano, as alterações relacionadas à idade, nas estruturas faciais, surgem gradualmente com o passar do tempo.  De inicio, atingem regiões da face com pouca quantidade de gordura. Locais de perda de gordura ao redor dos olhos e da boca são, portanto, considerados locais-chave de envelhecimento facial.

Importante salientar que com novos estudos anatômicos, detectaram-se diferentes compartimentos regionais na face.  Portanto, o processo de envelhecimento facial pode ser entendido como uma série de acontecimentos espacialmente isolados, que estão proporcionalmente relacionados uns aos outros, ou seja, não se trata apenas do aparecimento de rugas ou atrofia da pele, isoladamente.

Baseando-se nesses fatos, e com a finalidade de restaurar uma estrutura facial envelhecida, é importante levar em consideração não apenas a posição estrutural envelhecida, mas também as alterações dinâmicas no contexto das expressões faciais. O exame clínico torna-se, dessa forma, mais ostensivo, quando se busca o dinamismo facial, com suas expressões, aliado a tridimensionalidade de regiões anatômicas, clinicamente envelhecidas.

A pele está sujeita a processos de envelhecimento por vários aspectos. Dentre estes, observamos os danos de radiação UV, que resulta na perda do colágeno e elasticidade; alteração do metabolismo que propiciam mecanismos de degradação biológica, ainda reforçados com a redução do suprimento sanguíneo e posterior atrofia tecidual. Com tudo, diminui-se a capacidade de regeneração, assim como a capacidade imune da pele. Disso resulta o aumento da secura e falta de homogeneidade da superfície da pele, acompanhado por um aumento da suscetibilidade a lesões e infecções.

Ao mesmo tempo, devido à atrofia dos tecidos moles internos, como gordura e músculos, observamos um aumento da superfície da pele, também intensificado pela frouxidão dos ligamentos retentores. Enfim, as conseqüências são: flacidez da pele induzida pela gravidade, dobras e rugas.

Pois bem, em um próximo artigo conversaremos sobre os tipos de preenchimento para melhor compreensão desse assunto.